VÍDEOS

Garota de Programa – Assédio no bar

Este vídeo é baseado em fatos reais. Depoimentos de mulheres que trabalham nos hotéis de prostituição da Zona Guaicurus de Belo Horizonte fomentaram o roteiro. O assédio e o preconceito foram relatados de diversas formas, desde o cliente que intimida no metrô ou que assedia na padaria, sustentando a ameaça de contar a todos que aquela mulher é puta, até casos de violência física e exploração comercial. O fato de ter que ocultar o seu trabalho também gera conflitos emocionais e mina as possibilidades de interação social. As prostitutas, na maioria das vezes, são marginalizadas e têm suas vidas sociais e pessoais invadidas com base em sua atividade. Ao revelar sua profissão, a amiga, mulher, cidadã, mãe e todas as outras posições que ocupa na sociedade perdem a credibilidade. Ela passa a ser desqualificada. Mulher, mãe, irmã, filha, provedora, cidadã, prostituta. Elas têm direito a melhores condições de trabalho, saúde e segurança, assim como você?

PENSE! ENFRENTE SEU PRECONCEITO.

Eventos 2014

Laura Maria presidente da APROSMIG – Associação das Prostitutas de Minas Gerais – Aprosmig deixou um recado para as garotas com quem trabalha.

Laura Maria presidente da APROSMIG – Associação das Prostitutas de Minas Gerais – Aprosmig deixou um recado para as garotas com quem trabalha.

Posted by Diálogos pela Liberdade on Thursday, September 4, 2014

Somos do Diálogo! Pela prevenção ao tráfico de pessoas, pela igualdade de gênero, pela justiça social. Por um mundo melhor!#dialogospelaliberdade

Posted by Diálogos pela Liberdade on Friday, September 5, 2014

Mensagem de Flávia Gotelip, coordenadora do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas de MG.

Mensagem de Flávia Gotelip, coordenadora do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas de MG.

Posted by Diálogos pela Liberdade on Friday, September 5, 2014

Suzana, Unicamp/Núcleo de Estudos de Gênero, veio de Campinas para conferir as palestras e debates promovidos pelos eventos do Projeto Diálogos pela Liberdade e deu seu relato.

Suzana, Unicamp/Núcleo de Estudos de Gênero, veio de Campinas para conferir as palestras e debates promovidos pelos eventos do Projeto Diálogos pela Liberdade e deu seu relato.

Posted by Diálogos pela Liberdade on Friday, September 5, 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *