PUBLICAÇÕES

Curso de fotografia para as mulheres da Guaicurus

Compartilhar

No dia 15 de Abril , o Projeto Diálogos Pela Liberdade, coordenado pela Pastoral da Mulher de BH, Unidade Oblata em MG, realizou no Centro Loyola  a 1ª Oficina do Curso de Fotografia “Enxergar o mundo com outros olhos“, oferecido gratuitamente para todas as mulheres que batalham nos hotéis do hipercentro de Belo Horizonte.

Em parceria com a Misereor e a SCCE (Irmãs do Sagrado Coração de Maria), o projeto conseguiu lançar a 1ª edição do que pretende utilizar a fotografia como ferramenta para estimular o olhar feminino sobre o contexto onde vivem e trabalham.  O Hipercentro de Belo Horizonte, particularmente o quadrilátero formado pelas ruas Guaicurus, Caetés, São Paulo e Rio de Janeiro (a Zona grande), tem sofrido muito com o preconceito e o abandono das autoridades. Trata-se de mostrar o ponto de vista das mulheres que trabalham nesta região, as quais serão instigadas a usar a criatividade para mostrar um novo olhar de dentro desta área.

Ministrado pelo fotógrafo Carlos Peñafiel, voluntário jesuíta na Pastoral, as aulas terão duração de três meses. O objetivo é aprender  técnicas básicas de fotografia  e  promover o protagonismo feminino e a autoestima , além de apresentar, no segundo semestre,  as melhores fotos em uma exposição que terá como propósito sensibilizar a sociedade e enfrentar o preconceito que pesa sobre as mulheres que exercem a prostituição. O professor Carlos insistiu na importância da imaginação e da intuição ao buscar um ângulo, uma história, um enquadramento que ninguém está vendo. Também defendeu que não é necessário equipamentos caros para fotografar bem, “você consegue fazer uma foto surpreendente com uma câmera de celular”, afirma.

A turma de iniciantes na arte da fotografia já estava acostumada a fotografar seus familiares e a natureza. O desafio que enfrentarão agora é se apropriar das técnicas da fotografia e lançar um novo olhar sobre o seu dia a dia. Nesta primeira Oficina, após exposição teórica, as participantes obtiveram imagens para expressar seu modo de captar a realidade no  interior e no exterior do Centro Loyola, um espaço com belas obras de arte, com áreas verdes e ambientes  arborizados. As fotos das participantes foram apresentadas e discutidas. Foram selecionadas  aquelas que expressavam melhor o ser de cada uma. Confira algumas delas:

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Diálogos pela Liberdade – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *