PUBLICAÇÕES

Formatura de Cuidadora de Idosos no Projeto Oblata Diálogos pela Liberdade

Compartilhar

DSC_0074

Depois de um período de 2 meses de estudos, preparação e muita dedicação, 9 mulheres atendidas pelo projeto DpL concluem o Curso de Cuidadora de Idosos no Cantinho da paz. O evento aconteceu na tarde do dia 12/06/2018.

Muita emoção e lágrimas de felicidades acompanharam o momento celebrativo. Num verdadeiro espírito de sororidade, as formandas receberam homenagens das colegas presentes.

DSC_0083

O curso, em parceria com CRISOL (Centro de Referência da Formação e Capacitação das Pessoas), contou com uma carga horária de 160 horas, com aulas teóricas e práticas, e com  um excelente quadro de professores. As alunas são encaminhadas para a realização de estágio obrigatório de 80horas/aula e ao final a profissional tem direito ao certificado de conclusão do curso  e sai capacitada para uma nova profissão.

O curso tem o objetivo de possibilitar às participantes desenvolver capacidades técnicas e práticas para o atendimento; ampliar as habilidades para perceber os efeitos naturais do processo da velhice e proporcionar o cuidado humanizado à pessoa idosa.

A mesa de honra esteve composta pela Ir. Evelyn Caroline (representando o Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor); Isabel Brandão (representando o Projeto Diálogos pela Liberdade e professora escolhida pela turma como paraninfo); Gerson Xavier (representando a Crisol).

O Projeto Oblata Diálogos pela Liberdade deseja a cada profissional, agora Cuidadora de Idosos, muitas felicidades!

 
 
 
 

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Diálogos pela Liberdade – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *