PUBLICAÇÕES

Diálogos pela Liberdade realiza blitz da Saúde em parceria com a Escola de Medicina da UFMG

Compartilhar

Na tarde do dia 19/09/2018, a Unidade Oblata DpL em parceria com a Escola de Medicina da UFMG realizou uma tarde de promoção da saúde para as mulheres que exercem a prostituição. Coordenado pelo Professor Nathan Mendes Souza. Estiveram presentes alunos/as da disciplina IAPS 3  e integrantes do projeto de extensão “ Integralidade no Cuidado das Profissionais do Sexo”.

As ações aconteceram em três grandes áreas: Corpo, Mente e Coração. Essa divisão orientou o uso dos diferentes espaços (internos e externos) da sede do DpL e do hotel Magnífico, onde também aconteceram ações de saúde.

A parceria com a Escola de Enfermagem da UFMG faz parte do “Projeto Melhorando a Qualidade de Vida das Profissionais do Sexo” do DpL, cujo objetivo é melhorar a saúde física e emocional das mulheres que exercem a prostituição, aprimorando o bem-estar e visando mudanças na vida cotidiana e hábitos de vida mais saudáveis.

Segue as ações que aconteceram:

  • Aferição de pressão arterial e glicemia capilar;
  • Cálculo de risco cardiovascular;
  • Roda de conversa sobre empoderamento feminino e saúde da mulher;
  • Seções de alongamento e relaxamento com meditação guiada;
  • Orientações gerais;
  • Avaliação da Saúde Bucal e encaminhamento para a unidade básica de saúde;
  • Terapia Auricular;
  • Quick massage;
  • Consultas médicas individuais com 2 médic@s clínico geral do Hospital das Clínicas.

Contamos com a presença da Professora Eliana Villa (Enfermeira), voluntária do DpL e profissionais do Centro de Saúde Carlos Chagas;

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Diálogos pela Liberdade – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *