O que você pensa sobre Mulheres, violência e invisibilidade social?

Compartilhar

Direitos Humanos são Direitos das Mulheres, mas ainda lutamos por isso. Sim, ainda estamos construindo pontes pela justiça social, sensibilizando contra as violações que acorrentam e eliminam vidas. E para anunciar a vida, também precisamos denunciar as injustiças, em busca de luz para todas as mulheres.

Vídeo experimento social – Parte 1: trechos de entrevistas nas quais pessoas comentam reportagens sobre feminicídios, com perguntas a respeito da violência contra as mulheres, especialmente a violência naturalizada contra as mulheres que exercem a prostituição.

Visita e inscreva-se em nosso canal do Youtube, assista os vídeos completos!

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Diálogos pela Liberdade – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 

Compartilhar

4 comentários sobre “O que você pensa sobre Mulheres, violência e invisibilidade social?

  1. Hi there! This blog post could not be written any better! Going through this post reminds me of my previous roommate! He constantly kept talking about this. I will forward this post to him. Pretty sure he will have a very good read. Thank you for sharing!|

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *